DOM DADO, CARISMA PARTILHADO

DOM DADO, CARISMA PARTILHADO

Há cerca de 7 anos, fomos convidados a um novo desafio como vocação salvista em terras distantes. Uma missão salvista em Portugal, precisamente na Diocese de Coimbra. Os relatos dos nossos primeiros missionários dão testemunho das dificuldades e alegrias vivenciadas. Bem sabemos que todo início traz desafios a serem superados. E esta é a palavra que devemos ter em nosso coração missionário: “Superação”, para caminharmos sempre em frente, sabendo que a Obra é em sua totalidade de Deus, nós somos meros instrumentos em suas mãos. Quando um carisma é proposto em uma nova realidade, conseguimos perceber o desejo do povo que nos é confiado em vivenciá-lo. O Louvor de Deus atinge uma dimensão que até mesmo nós ficamos surpreendidos, de fato nosso Deus é um Deus de surpresas.

Em nossas atividades missionárias aqui em Portugal, Paróquias, Retiros, Centros Sociais, atividades pastorais, entre outras, o nosso Carisma tem feito a diferença. Percebemos isso pelos testemunhos das pessoas que experimentam desta graça. O grande desafio de propor uma Nova Evangelização em uma nova cultura diferente da nossa, faz com que nós, missionários, possamos experimentar o que é se deixar moldar pelas mãos de Deus. Pois nem tudo “funciona” como aí no Brasil. Entretanto, esses desafios nos amadurecem na compreensão do acolher o diferente, do se fazer um com eles sem negar nossa identidade salvista. Temos procurado dar o nosso melhor, contudo temos a plena consciência de que Ele é quem realiza tudo, ou melhor, Ele se dá Todo porque ama cada ser humano de modo singular ao ponto de se dar a todos da maneira mais absolutamente simples, na Eucaristia. Está é a razão da nossa vida, da nossa vocação, da nossa missão salvista.

Deus que se abaixa para elevar o homem à sua mais pura e perfeita dignidade de filho de Deus. Testemunhar nossas vidas é testemunhar o Amor de Deus que vence e supera todos os obstáculos, que nos ajuda, na Unção do Espírito, a tocar os corações muitas vezes ressequidos pela dor, pelo sofrimento, pelo pecado fazendo, assim, com que muitos experimentem o poder do coração Misericordioso de Jesus Salvador. Somos gratos a Deus pela sua obra em nós e que, através de nós, tem transformado vidas, famílias, pessoas que têm fome e sede da Palavra e da Eucaristia. Somos gratos aos nossos irmãos que nos precederam e à nossa Fraternidade que nos confia essa grande graça missionária de evangelizar, segundo o Carisma Salvista, em terras dos nossos primeiros evangelizadores, retribuindo, assim, o que um dia eles fizeram por nós. No constante Louvor de Deus!
Pe. Fábio Muniz, sjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.